Conhecendo a fábrica da Stara – Parte 3

Conhecendo a fábrica da Stara – Parte 3

Nas quatro fábricas da Stara mais de 4.100 pessoas trabalham diariamente para entregar os melhores produtos. Cada departamento garan­te o funcionamento de determinado processo. Nesta matéria, você vai conhecer os departamen­tos de Logística de Manufatura, Planejamento de Programação e Controle da Produção (PPCP), Apoio, Ferramentaria e Manutenção.

Logística de Manufatura

Responsável pelo armazenamento e controle do estoque de todos os compo­nentes fabricados pela Stara, o departa­mento de Logística de Manufatura tam­bém é responsável pelo transporte de materiais dentro da fábrica, desde a entra­da da matéria-prima até a entrega da má­quina pronta para a expedição ao cliente.

O supervisor da Logística de Manufa­tura, Fernando Marcelo Amann, explica que o departamento faz toda fábrica se movimentar, se consolidando como um elo entre os postos de trabalho, processos produtivos e setores, buscando satisfazer e sustentar as estratégias de produção da Stara. “Nossa responsabilidade é entre­gar no tempo certo, no lugar correto, a quantidade correta e com o menor custo possível”, destaca.

O departamento é dividido em Buffer I, Buffer II, que são depósitos de peças, e Logística de Movimentação. Além dis­so, gera continuamente informações de grande relevância para o planejamento da produção.

A Logística percorre por ano, em média, 125.750 km, o equivalente a 3,5 voltas ao mundo, dentro da fábrica com empilha­deiras, rebocadores e tratores que realizam todo transporte dos materiais. Faz a gestão e controle de estoque de 27.334 locais de armazenagem que resultam em mais de 631.000 peças armazenadas.

“Tudo isso se deve a Stara ser uma empresa altamente verticalizada, ou seja, a maior parte dos componentes utiliza­dos nas linhas de montagem são de fa­bricação interna, isso acaba aumentando a responsabilidade que a logística tem em garantir a máxima eficiência no aproveitamento dos recursos logísticos, nas movimentações e na integridade do pro­duto sob nossa responsabilidade”, finaliza Fernando.

Planejamento de Programação e Controle da Produção (PPCP)

Willian Matheus Ferreira, Ezequiel Duarte, Lucas Francisco Zwites e Maitê Gomes Bender trabalham no departamento de PPCP

O departamento de Planejamento de Programação e Controle da Produção (PPCP) é responsável por orientar a pro­dução dentro da fábrica. O supervisor da área de Programação do PPCP, Alesy Mar­tins Silva, explica que o departamento tem como objetivo garantir que o planejamen­to, a programação e o controle da produção se integrem com todos os processos para atender o plano estratégico da empresa. Por isso, o PPCP está dividido em três gran­des áreas: Planejamento, Programação e Controle de Produção, com subáreas.

O Planejamento faz a gestão do pla­no de operação, ligando as estratégias de vendas as da indústria, ou seja, faz a ligação entre a demanda do cliente com ações necessárias na indústria para que os planos sejam concretizados. Também gerencia a entrada de linha de produtos novos, como os cronogramas, quantida­des, prazos, relacionada à estratégia da empresa como um todo.

A área de Programação se alimenta das informações da área de Planejamento, programando quantidade, locais, centros de trabalho, volume, quando e quem. Ou seja, realiza o nivelamento e sequencia­mento da produção e busca a sincroniza­ção entre as áreas de trabalho. Também realiza a programação CNC dos processos de corte e usinagem através de ferramen­tas tecnológicas de ponta, uma delas é o Lantek que por meio de algoritmos en­contra os melhores arranjos visando o me­lhor aproveitamento das máquinas e ma­térias-primas. Alesy destaca que por mês 493 mil operações da fábrica são definidas através de uma programação.

Por fim, a área de Controle realiza a conferência e acuracidade das linhas de produção, de tudo o que está sendo pla­nejado e programado, além do status da produção e informações sobre materiais. Também é responsável pelo controle do inventário, que na Stara acontece de for­ma cíclica, na qual, diferentemente da grande maioria das empresas, a produção não para uma vez por ano para realizar o inventário, garantindo qualidade dos esto­ques durante o ano todo.

Apoio à Produção e Ferramentaria

Departamento de Apoio à Produção

Os departamentos de Apoio à Produ­ção e a Ferramentaria oferecem suporte a todos os setores da fábrica. O supervisor da Ferramentaria e Apoio, Rafael Olivei­ra da Silva, explica que os setores trazem agilidade para a produção. “Seria muito difícil a fábrica seguir nessa velocidade de crescimento sem essas áreas oferecendo suporte, trazendo essa agilidade, sem a necessidade de contatar um fornecedor”.

O Apoio à Produção está dividido nas seguintes áreas: Métodos e Processos, Serra, Solda, Usinagem, Montagem, Almo­xarifado e Apoio, como se fosse uma mini fábrica. Com uma equipe interna, que trabalha na produção de novas embala­gens e reformas, e uma equipe externa, prestando assistência para toda fábrica em implementações de novos produtos e aumentos de capacidade das linhas de produção.

Departamento de Ferramentaria

Já a Ferramentaria produz peças e atende os chamados nos departamentos de Solda e Estamparia.

Internamente, nos dois departamen­tos, existe uma equipe responsável por melhorias, investimentos, processos, mo­vimentações, planejamento, avaliando os processos de fabricação do Apoio e apon­tando qual a melhor forma de produzir a movimentação interna. Também há uma estrutura similar ao Almoxarifado que é responsável por receber a demanda.

No ano de 2021, os departamentos pro­duziram quase 3.500 peças para todas as áreas da fábrica.

Departamento de Manutenção

Ricardo Assis Machado, Otávio Juliano Honório, Marcos Antonio Lischinki, Lucas Felix Hahn Drey, Paulo Rogério Vieira e Rieli Potrich atuam na Manutenção

O departamento de Manutenção é responsável por garantir a disponibilida­de dos equipamentos e redes da fábrica. O gerente de Manutenção, Ricardo Pes­satto, destaca que as equipes técnicas dão suporte ao desenvolvimento de me­lhorias e acompanhamento de instala­ções de novos equipamentos.

O departamento é dividido em Enge­nharia de Manutenção, Automação e Ro­bótica, Almoxarifado e Oficinas. Entre as atividades desenvolvidas pela Engenha­ria de Manutenção está a gestão das ati­vidades planejadas, o controle e desen­volvimento de sistemas e procedimentos, homologação de novos equipamentos, bem como a busca por novas metodolo­gias de manutenção.

Já a integração de sistema, máquinas e processos está a cargo da Automação e Robótica, a qual busca, através da pro­gramação, a unificação e automatização de processos, unindo a Inteligência Arti­ficial, à Internet das Coisas e à Indústria 4.0 com o cenário e parque fabril da Sta­ra. Além disso, através do Almoxarifado, o departamento gerencia o próprio esto­que de peças de reposição para garantir agilidade e precisão nos atendimentos.

O departamento também participa de ações em conjunto com outros depar­tamentos, projetos de novas plantas fa­bris, auxilia em atividades das filiais, entre outras.

Ricardo Pessatto ressalta a importân­cia da Manutenção para o funcionamen­to da fábrica: “se não tivermos alta dispo­nibilidade e confiabilidade nas máquinas e equipamentos fabris, não conseguimos garantir os processos e, consequente­mente, o planejamento da produção”.

Clique aqui e saiba mais sobre o funcionamento das nossas fábricas.

Finep

Empresa parceira